segunda-feira, 15 de abril de 2013

Morre o Prefeito de Cidelândia Neto Teixeira



Neto Teixeira
Morreu por volta das 3h30 desta segunda-feira (15), o prefeito do município de Cidelândia, Augusto Alves Teixeira, conhecido como Neto Teixeira (PMDB). Ele estava internado estado grave, e faleceu no Hospital Carlos Macieira, em São Luís.

Neto Ferreira lutava contra um fungo/bactéria que estava alojado no cérebro. Ele tinha 52 anos e, além de prefeito, era empresário. Exercia o segundo mandato no município.

O filho do prefeito, Fernando Teixeira, disse que o corpo será levado de avião para Cidelândia, onde será velado e sepultado.

Em 2012, o peemedebista foi eleito com 3.179 votos. O vice-prefeito Ivan Nunes (PMN) deve assumir os destinos da prefeitura de Cidelândia, cidade da Região Sul do Maranhão e que fica a aproximadamente 55 Km de Imperatriz.
Em nota, a Federação dos Municípios do Estado do Maranhão lamentou a morte do gestor. Confira abaixo, na íntegra:

É com grande comoção e pesar que a Federação dos Municípios do Estado do Maranhão (Famem), em nome de todos os prefeitos e prefeitas do Estado, lamenta o falecimento do prefeito do município de Cidelândia, Augusto Alves Teixeira.
Neste momento de dor, a Famem une-se à família enlutada e aos moradores de Cidelândia, rogando a Deus que a perda de Augusto Alves seja compensada pela certeza de que o Senhor agora o tem em um bom lugar.


Com informações do g1.globo.com/ma/

Após adiamentos, PMs da Rota serão julgados por massacre do Carandiru

Jurada passou mal e conselho de sentença foi dissolvido na última semana.
Inicialmente, 26 dos 79 acusados vão a júri pela morte de 15 detentos.

Polícia Militar minutos antes da invasão do Carandirú.
 Após dois adiamentos, deve começar nesta segunda-feira (15), em São Paulo, o primeiro dos quatro júris do massacre do Carandiru.  Deverão ser julgados 26 dos 79 policiais militares acusados de participarem da invasão à Casa de Detenção, em 2 de outubro de 1992, para conter a rebelião de presos. Cento e onze detentos foram mortos. Os réus que vão a júri respondem em liberdade pela morte de 15 deles no1º andar do Pavilhão 9.

A previsão é que o julgamento comece às 9h no Fórum da Barra Funda, Zona Oeste da capital. A sentença deverá ser conhecida em até duas semanas por causa da quantidade de réus e testemunhas.
O júri tinha sido adiado em janeiro, por causa de um pedido da defesa para saber se a Polícia Técnico-Científica conseguiria, duas décadas após as mortes, fazer uma perícia de confronto balístico nas armas apreendidas com os PMs e nos projéteis retirados dos corpos das vítimas. A resposta foi negativa. O adiamento mais recente ocorreu na segunda-feira passada, quando uma jurada passou mal e obrigou o juiz a marcar outra data.

Nesta segunda, outros sete jurados serão sorteados e vão começar a decidir se os policiais são culpados ou inocentes do crime de homicídio doloso qualificado (quando há intenção de matar, sem dar chance de a vítima se defender) contra cada um dos detentos. Para o Ministério Público, responsável pela acusação, os PMs executaram as vítimas e, por esse motivo, deveriam ser condenados à prisão pelas mortes que provocaram.
Os defensores dos acusados, por sua vez, rebatem a denúncia da Promotoria alegando que os policiais agiram no cumprimento do dever para por fim ao tumulto na cadeia. Para os advogados, eles só dispararam contra os presos em legítima defesa porque eram ameaçados e agredidos por eles. O juiz José Augusto Nardy Marzagão preside o júri.
Desde 1992 até agora, somente um réu foi julgado no processo do massacre: o coronel Ubiratan Guimarães. Em 2001, o então comandante do Policiamento Metropolitano e responsável pela invasão ao presídio foi condenado a 632 anos de prisão pelo assassinato dos 111 detentos. Cinco anos depois, no entanto, sua defesa recorreu da sentença e ele, já na condição de deputado estadual, foi absolvido. O oficial e político foi morto com um tiro em 2006, dentro de seu apartamento.
Cronologia Massacre do Carandiru 8/4 (Foto: Arte/G1)Júri desmembrado
Mais 53 PMs serão julgados posteriormente pelas mortes dos demais 96 detentos. No total, 79 são acusados no mesmo processo do Carandiru. São 57 volumes, 111 apensos e 50 mil páginas. Por conta do número de réus, no entanto, a Justiça desmembrou o caso em quatro partes ou júris diferentes, correspondentes aos andares invadidos. O critério será julgar o grupo de policiais militares que esteve em cada um dos pavimentos onde presos foram mortos.
No térreo do Pavilhão 9 não houve mortes. No segundo andar, porém, outros 29 PMs da Rota entraram e deixaram 73 vítimas. No terceiro andar ingressaram 16 integrantes do Comando de Operações Especiais (COE) e saíram de lá oito presos sem vida. Mais 15 homens foram mortos no quarto andar após a ida de 13 membros do Grupo de Ações Táticas Especiais (Gate).
Entre um julgamento e outro está programado um intervalo de até três meses, segundo o juiz do caso, José Augusto Marzagão, informou a assessoria de imprensa do Tribunal de Justiça de São Paulo.  O magistrado pretende terminar todos os julgamentos neste ano.
Rota
Nesta primeira etapa vão a julgamento 26 então policiais das Rondas Ostensivas Tobias de Aguiar (Rota) que invadiram o 1º andar da unidade prisional e participaram da ação que resultou em 15 detentos mortos. Desse total, 14 deles foram baleados e um esfaqueado. Atualmente, somente oito dos réus continuam na ativa, e após promoções estão trabalhando na PM como oficiais. Os demais se aposentaram. Pela lei, os acusados não são obrigados a comparecer ao julgamento. Pelo menos dois deles não deverão ir por motivos de doença.
Presos mortos no 1º andar (2º pavimento)
Nome Quantos tiros levou
Jovemar Paulo Alves Ribeiro 1
José Alberto Gomes Pessoa 3
José Bento da Silva Neto 3
Rogério Piassa 3
Luiz Granja da Silva Neto 4
Olívio Antonio Luiz Filho 4
Paulo Reis Antunes 4
João dos Santos 4
Ailton Júlio de Oliveira 5
Roberto Alves Vieira 6
Ronaldo Aparecido Gasparino 7
Almir Jean Soares 7
Mauro Batista Silva 7
Cláudio José de Carvalho 8
José Pereira da Silva 0 (teve 10 ferimentos
por  arma branca)
Para a Promotoria, o maior desafio da acusação será o de convencer os jurados de que é errada a ideia de que "bandido bom é bandido morto". "Infelizmente, tem muita gente que coaduna com essa ideia. Tanto que alguns policiais, ao invés de punidos, são premiados", comentou o promotor Márcio Friggi.
Para tentar convencer os jurados de que os PMs devem ser punidos por executarem os presos, os promotores querem ouvir os depoimentos de testemunhas que presenciaram o massacre, entre elas detentos sobreviventes. Também foram arrolados um agente penitenciário que trabalhava no Carandiru e o perito que esteve na cena do crime.
Argumentar sobre o risco da impunidade é outra estratégia da acusação. A Promotoria poderá citar, por exemplo, que a morte dos detentos provocou o surgimento de uma das facções criminosas mais perigosas de São Paulo.
Os defensores dos acusados rebatem a denúncia do Ministério Público. Alegam que os policiais agiram no cumprimento do dever para por fim ao tumulto na cadeia e que só dispararam em legítima defesa porque eram ameaçados e agredidos por eles. Além do total de presos mortos no Carandiru, 87 detentos ficaram feridos. Nenhum dos PMs foi morto ou ferido a bala naquele dia, mas 23 policiais também se machucaram.
  •  
Quem são os PMs acusados
Nome Patente (na época)
Ronaldo Ribeiro dos Santos Comandante e
capitão da Rota
Aércio Dornelas Santos Tenente
Eduardo Espósito Tenente
Maurício Marchese Rodrigues Tenente
Wlandekis Antonio Candido Silva Sargento
Roberto Alberto da Silva Sargento
Antonio Luiz Aparecido Marangoni Sargento
Joel Cantilio Dias Sargento
Pedro Paulo de Oliveira Marques Sargento
Gervásio Pereira dos Santos Filho Sargento
Marcos Antonio de Medeiros Sargento
Paulo Estevão de Melo Cabo
Haroldo Wilson de Mello Cabo
Roberto Yoshio Yoshikado Cabo
Salvador Sarnelli Cabo
Fernando Trindade Soldado
Argemiro Cândido Soldado
Elder Tarabori Soldado
Antonio Mauro Scarpa Soldado
Marcelo José de Lira Soldado
Roberto do Carmo Filho Soldado
Zaqueu Teixeira Soldado
Osvaldo Papa Soldado
Reinaldo Henrique de Oliveira Soldado
Sidnei Serafim dos Anjos Soldado
Marcos Ricardo Poloniato Soldado
“Não há o que se falar em assassinato e execução. Não houve massacre. Meus clientes agiram de acordo com a lei e responderam quando foram atacados pelos detentos”, afirmou a advogada Ieda de Souza, que pedirá aos jurados a absolvição de todos os réus.
Segundo a defensora dos PMs, um dos argumentos da defesa será o fato de não existir até agora nenhuma prova técnica que indique qual policial matou um determinado preso. “O grande problema da acusação será conseguir individualizar a conduta de cada PM”, afirmou. “A própria Polícia Técnico-Científica informou recentemente que nunca realizou a perícia do confronto balístico, entre as 388 armas apreendidas dos PMs e as balas encontradas nos corpos dos presos, por que nunca houve condições técnicas para se realizar isso”, afirmou Ieda.
Entre as testemunhas solicitadas pela defesa dos PMs estão Luiz Antonio Fleury Filho, então governador de São Paulo à época; Pedro Franco Campos, que foi secretário da Segurança Pública do estado, além de agentes penitenciários.
As testemunhas ficarão isoladas entre si e do público durante o júri e só serão liberadas após prestarem depoimento. Elas dormirão no Fórum de Santana, na Zona Norte. Os jurados, porém, só voltarão para suas residências após o julgamento. Durante esse tempo, descansarão no Fórum da Barra Funda. De acordo com o TJ, R$ 8 mil serão gastos só com a alimentação.
As 350 cadeiras do plenário dez deverão acomodar parentes das vítimas e dos acusados, jornalistas e o público que quiser assistir ao júri.

 Fonte: http://g1.globo.com

sexta-feira, 12 de abril de 2013

Jagunços queimam casas de quilombolas no Maranhão


Quem pensa que as atrocidades cometidas aos negros e negras é coisa de séculos passados, devemos dizer que quando se trata do Maranhão, infelizmente é um engano.

Ainda nesta semana, de acordo com informações do boletim de ocorrência registrado na delegacia de Codó, o jagunço Raimundo Monteiro, conhecido como “Raimundo da Chica”, e o tenente da Polícia Militar do Estado do Maranhão “Moura”, a serviço do deputado estadual “Cesar Henrique Santos Pires”, atual líder do Governo Roseana Sarney Murad, em um ato de pura ilegalidade incendiaram duas casas de quilombolas, localizadas na Comunidade de Santa Maria dos Moreiras, zona rural de Codó, a 300 km de São Luis.

O ato de covardia aconteceu exatamente quando os(as) quilombolas realizavam a Assembleia da comunidade. A ousadia dos criminosos foi tanta que eles chegaram a anunciar aos moradores do quilombo o incêndio das casas ainda no dia 31 de janeiro de 2013.

De acordo com informações contidas no BO, a queimada das casas, tem como principal objetivo intimidar, através do terror, as comunidades quilombolas (Santa Maria dos Moreiras, Bom Jesus, Tamboril e Jerusalém), que buscam a libertação territorial desde 1992. “As violências praticadas contra o quilombo de Santa Maria dos Moreiras impressionam, em razão das intensidades, da participação ativa de agentes públicos e da impunidade escancarada, que protege verdadeiros criminosos”, denunciou a secretária de Política Agrária da FETAEMA, Maria Lúcia Vieira, que acompanha o caso.

Histórico do processo pela libertação territorial do quilombo

Desde 2006, tramita no INCRA do Maranhão processo de titulação do território.

Em 5 de junho de 2012, a comunidade foi invadida por vários homens encapuzados e fortemente armados, que davam proteção ao trator do deputado Cesar Pires, que tentava na ocasião, devastar as matas da comunidade.

Ainda em setembro deste mesmo ano, o INCRA determinou a realização dos primeiros estudos técnicos na comunidade quilombola. Neste mesmo mês, a delegacia Agrária do Maranhão atestou que não havia ocorrência de conflitos no Território.

Devido à morosidade do processo de Titulação da comunidade, a cada dia cresce os violentos conflitos agrários na cidade de Codó. Como exemplo das atrocidades contra os trabalhadores e trabalhadoras rurais no município, no início de janeiro de 2013, jagunços criminosamente incendiaram a capela da Comunidade Vergel.

Até quando Maranhão?

FONTE: Assessoria de Imprensa FETAEMA - Barack Fernandes

Prefeitura de Paço do Lumiar realiza seletivo para nível fundamental e médio

Fonte: ASCOM PMPL

A Prefeitura de Paço do Lumiar realizará processo seletivo simplificado, objetivando a contratação temporária de Agente Administrativo e Motorista (categoria “D”), para vagas disponíveis nas Secretarias Municipais. As inscrições têm início na próxima segunda-feira, (15/04), e se estenderão até a quinta-feira (18/04), no CSU do Maiobão, das 08h às 14h. Não será cobrada taxa de inscrição aos candidatos.

As provas com questões objetivas acontecerão em etapa única no dia 28 de abril de 2013, domingo, das 08h às 12horas. O resultado será divulgado até 10 (dez) dias após a realização. Cinco por cento da quantidade de contratados temporariamente, ficará reservada aos candidatos portadores de deficiência.

Para concorrer aos cargos de Agente Administrativo, o candidato deve ter concluído o ensino médio, e ter os conhecimentos básicos em informática comprovados por currículo. Já para o cargo de Motorista, o candidato deve ter ensino fundamental completo e Carteira de Habilitação Categoria “D”. A remuneração varia entre R$ 816, 41 para os cargo de Agente Administrativo, R$ 1.043,57, para Motorista. 

O Processo Seletivo Simplificado terá validade de 12 (doze) meses, a contar da data da publicação de sua homologação, no Diário Oficial do Estado do Maranhão – DOE/MA, podendo ser prorrogado por igual período, a critério exclusivo da Administração Municipal.

Os candidatos aprovados serão contratados temporariamente, por cargo/função, pela ordem rigorosa de classificação e, ainda, de acordo com o interesse e necessidade, por parte da Prefeitura Municipal, através de Ato do Prefeito. A contratação temporária é de competência do Secretário Municipal da pasta que houver a necessidade de contratação.

As informações adicionais sobre jornada de trabalho semanal, vencimento mensal, critério e processo de seleção, especificações sobre a realização das provas e divulgação do resultado, pontuação para o processo seletivo, vagas para deficientes, validade, nomeação, documentação para posse e disposição finais, estão estabelecidas no Edital Completo, fixado no painel de publicações da Sede da Prefeitura Municipal de Paço do Lumiar/MA.

segunda-feira, 8 de abril de 2013

Enfim Capita é solto... Liberdade de Capita pode levar à soltura dos outros acusados no caso Décio…




Do Blog Marcos Deça

A polícia do Maranhão, e o Ministério Público influenciado por ela, se enredaram em uma teia de equívocos no caso Décio Sá que pode levar à soltura de todos os acusados de participação na morte do jornalista.
Assim como Capita... demais acusados podem ser soltos.
Como o processo é o mesmo, e o capitão Fábio Aurélio Saraiva, o Capita, ganhou Habeas Corpus na tarde desta segunda-feira (08), todos os demais podem ser beneficiados com o mesmo dispositivo – afinal, são réus primários, com endereço conhecido e sem mais possibilidade de influenciar nas invetigações.
A decisão do desembargador Antonio Froz Sobrinho em favor de Capita teve como um dos argumentos uma questão já levantada neste blog: a de que a própria Polícia Militar declarou não possuir em seu arsenal armas do tipo da usada pelo assassino Jhonatan de Souza.
Assim, a polícia não tinha como afirmar que a arma foi passada pelo oficial. Tanto que Froz Sobrinho cita isso em sua decisão.
Leia também:
Mas a equipe de investigação do secretário Aluísio Mendes já sabia que não tinha como manter Capita preso por todo este tempo. E a Justiça só protelava uma decisão de liberdade por que temia repercussão negativa, caso fosse obrigada a liberar também os demais envolvidos.
Erros da polícia, que, açodada por concluir a investigação, deixou para trás provas muito mais contundentes e ignorou suspeitos admitidos pelo próprio secretário em conversas com jornalistas – inclusive o titular deste blog – mas negados publicamente.
Desde a conclusão do inquérito este blog mostra evidências de que a investigação fora conduzida equivocadamente a um caminho.
E a leitura fria dos autos começa a comprovar esta tese, que apenas Aluísio Mendes e sua equipe insistem em afirmar.
Pior: a morte de Décio pode completar o primeiro ano sem que o julgamento tenha pelo menos começado.
E com acusados – e outros envolvidos – em plena liberdade…

quinta-feira, 28 de março de 2013

MARINHO DO PAÇO PROMOVE A MAIOR DISTRIBUIÇÃO DE PEIXES DA HISTÓRIA DE PAÇO DO LUMIAR



Da ASCOM Vereador Marinho do Paço.
Felicidade e satisfação marcaram a Páscoa Sem Fome 2013 de Paço do Lumiar.

Ocorreu durante toda a manhã desta quinta-feira da paixão (28) em diversos bairros de Paço do Lumiar, mais uma edição do PÁSCOA SEM FOME, uma iniciativa do Vereador Marinho do Paço.

Ao todo foram distribuídas cinco toneladas de peixes. Variedades como, Tainha, Peixe Galo e Pescadinha estavam entre as espécies que agora revigoram a ceia de páscoa de centenas de famílias luminenses.

Para Marinho, ações como esta não é novidade.

- Já promovia este tipo de trabalho social antes mesmo de ser vereador. Agora vamos nos preparar para outros eventos desta envergadura e o mais próximo será o dia das mães, frisou.

Os bairros do Paranã II, Carlos Augusto, Jerusalém, Canaã, Vila Cafeteira, Vila Nazaré, Vila do Povo, Novo Horizonte e Zumbi dos Palmares foram as comunidades assistidas.

Durante a entrega na Vila Cafeteira, Marinho emocionou-se com o depoimento do Líder Comunitário Wellison e com o carinho de Dona Mundica, segundo ela, que também estava muito emocionada, Marinho é o Vereador que o Brasil precisa, pois não vem na comunidade apenas para pedir o voto do povo e sempre ajuda os pobres, completou.

O Líder comunitário Welisson agradece a Marinho em nome do povo da Cafeteira.

Outro momento marcante foi a chegada da comitiva no Residencial Carlos Augusto. Por lá já se encontravam cerca de 400 pessoas e todos reconheceram o trabalho social desempenhado pelo vereador Marinho do Paço.

                      Marinho do Paço entregando os peixes no residencial Carlos Augusto



Carlos Augusto: Onde uma multidão fazia fila para receber o seu pescado.

- É isso que me motiva a continuar não só com meu trabalho parlamentar que é o de fiscalizar e promover o bem comum através de leis e indicações. Penso que é preciso fazer mais e tentarmos amenizar da melhor forma possível o sofrimento do nosso querido povo de Paço do Lumiar, por isso transformei meus três primeiros salários em 5 toneladas de peixes, como forma de retribuição pelo mandato que me concederam. Completou. 



quarta-feira, 27 de março de 2013

MARINHO DO PAÇO PROMOVE PÁSCOA SEM FOME EM PAÇO DO LUMIAR


O Vereador Marinho do Paço (PP), promove na manhã desta quinta-feira da paixão (28) em diversos bairros de Paço do Lumiar a distribuição de 1 (uma) tonelada de peixes.
Segundo Marinho, para receber a doação, cada família deverá comparecer ao local de entrega munido de seu CARTÃO BOLSA FAMÍLIA.
- Queremos com isso atender a quem realmente mais precisa, frisou o vereador.

Carros de som já fazem a divulgação do evento na comunidades que irão receber o caminhão.
Abaixo os bairros e locais de entrega:

Loteamento Paranã II - Jatão do Paço
Zumbi dos Palmares: - Associação dos Moradores
Jerusalém - Associação dos Moradores
Vila do Povo - Residência do "Seu Paulo"
Residencial Carlos Augusto - Associação dos Moradores
Novo Horizonte - Residência de "Dona Negra"
Vila Nazaré - Residência de "Dona Vandoca"
Vila Canaã - Associação dos Moradores
Vila Cafeteira - Sede do Bumba-Boi de Primeira Cruz

Da Assessoria do Vereador Marinho do Paço


segunda-feira, 4 de fevereiro de 2013

PAÇO DO LUMIAR: Marinho protocola primeiro projeto de lei de 2013.

Marinho do Paço: Boas-vindas e anúncio do Projeto Lei do Corte
Em meio a discursos e felicitações o Vereador Marinho do Paço, protocolou na secretaria da câmara o Projeto de Lei 001/2013.
Já apelidado de LEI DO CORTE o projeto proibe as concessionárias de água e luz, CAEMA e CEMAR respectivamente, a cortarem os seus serviços, por inadimplência no período de 12 horas de sexta-feira até doze horas de segunda-feira, bem como às doze horas que antecedem os feriados. 
Segundo o Vereador Marinho do Paço, a Lei não vem para beneficiar ou proteger o calote, tendo em vista que os demais dias úteis o corte poderá ser efetuado normamalmente. 
Tal medida visa salvaguardar o direito a dignidade do cidadão, pois as famílias atingidas ficam privadas desses serviços públicos essenciais durante longos períodos, sofrendo graves danos materiais no caso da energia e danos à saúde no caso da falta de água nas torneiras.
Se tudo der certo, este projeto entrará na pauta já na sessão desta terça-feira, frisou o vereador.
 

terça-feira, 15 de janeiro de 2013

Araken: Começa um novo tempo para a saúde de Alcântara.


Fonte: Ascom PMA


Unidade Mista de Alcântara melhora condições de atendimento e trabalho


A Prefeitura de Alcântara iniciou um avançado programa de gestão hospitalar para a melhoria imediata da qualidade de atendimento e condições de trabalho na Unidade Mista Doutor Neto Guterres, situada na sede do município. Em vistoria técnica realizada nesta semana, o Prefeito Domingos Araken (PT), acompanhado do Secretário de Saúde, Dr. Airton Viegas, e do diretor da casa, Paulo Costa, conversou com servidores, usuários e avaliou os primeiros resultados.
 
Araken entregando à Unidade Mista...
 
Os consultórios médicos receberam novo mobiliário, com cadeiras com assentos confortáveis e apropriadas para o atendimento à população, substituindo os antigos bancos de madeira, móveis quebrados e improvisados. O transporte de passageiros com mobilidade reduzida também melhorou com as novas cadeiras de roda entregues ao hospital. As instalações de acesso e consultas, salas de cirurgias e recuperação também foram limpas, higienizadas e revitalizadas.
Novos formulários e receituários...
A nova direção do hospital também já organizou e atualizou toda a documentação técnica para atendimentos, registro de prontuários e controle de medicamentos, material permanente, estoques e alimentação. “Iniciamos ações emergenciais para a melhoria imediata do atendimento ao público e das condições de trabalho dos servidores. É a primeira etapa de um amplo programa de melhoria da saúde pública de Alcântara que a Prefeitura de Alcântara realiza”, disse Araken.
e ainda o novo mobiliário do Hospital. Mais conforto para servidores e usuários.

Interdição da Vigilância Sanitária Estadual. Entre as prioridades da Prefeitura de Alcântara está a liberação e modernização da sala de Raio-X, que foi interditada há mais de um ano pela Vigilância Sanitária Estadual. A situação agrava-se ainda com a precariedade dos banheiros, que apresentam pias e vasos sanitários destruídos e com vazamentos, fiação elétrica exposta e macas e camas hospitalares enferrujadas, equipamentos da cozinha industrial em péssima conservação, ambulâncias paradas por problemas mecânicos e o incinerador desativado.
Parada com problemas técnicos há vários meses, a lavandeira industrial foi substituída pelos servidores, que lavam na mão a rouparia da Unidade Mista. “Os desafios são muitos. Temos muito trabalho pela frente, mas estamos com apoio do Prefeito Araken para melhorar e tornar a Unidade Mista de Alcântara referência no atendimento de qualidade”, disse Costa. Para o paciente Luciano Costa Menezes, 23, as mudanças iniciadas já deram resultados. “A alimentação e as condições aqui agora estão 100%. Agora tá bacana”. Para Lívia Pereira, 74, “o atendimento tá bom. Não falta alimentação, medicamentos e tem direto médicos e enfermeiras, graças a Deus”.
Parada com problemas técnicos há vários meses, a lavandeira industrial foi substituída pelos servidores, que lavam na mão a rouparia da Unidade Mista. “Os desafios são muitos. Temos muito trabalho pela frente, mas estamos com apoio do Prefeito Araken para melhorar e tornar a Unidade Mista de Alcântara referência no atendimento de qualidade”, disse Costa. Para o paciente Luciano Costa Menezes, 23, as mudanças iniciadas já deram resultados. “A alimentação e as condições aqui agora estão 100%. Agora tá bacana”. Para Lívia Pereira, 74, “o atendimento tá bom. Não falta alimentação, medicamentos e tem direto médicos e enfermeiras, graças a Deus”.

segunda-feira, 3 de dezembro de 2012

Depois de Augusto Bastos na cultura, entidades indicam Paulo Montanha para o turismo




Paulo Montanha: nome do trade turístico de São Luis para a Secretaria de Turismo

Depois de um grupo de artistas, representantes da cultura popular, culturas afro-brasileiras etc, mobilizarem-se para indicar o  músico, maestro e produtor cultural Augusto Bastos para a secretaria de Cultura, agora são autoridades do trade turístico de São Luis que se articulam para emplacar o futuro secretário de Turismo da capital.

Reunidos na tarde do último sábado, dia 1º de dezembro, no Restaurante Cabana do Sol, representantes do setor, além de várias lideranças políticas e de movimentos sociais, apresentaram o nome do professor Paulo Montanha para o cargo de Secretário Municipal de Turismo de São Luis.
“Após várias colocações e sugestões de nomes e avaliação por parte dos presentes, ficou decidido que o melhor nome para fazer uma gestão de mudança com diferencial e que corresponda as expectativas e anseios do Trade Turístico de São Luis é do professor Paulo Montanha”, disse um dos participantes.

No final da Reunião, todos as lideranças presentes assinaram um documento que será entregue por uma comissão ao futuro Edivaldo Holanda Junior, para que o mesmo avalie e possa referendar o nome de Montanha.

Paulo Montanha é mestre em Planejamento do Desenvolvimento Regional (PLADES) pela Universidade Federal do Pará (UFPA) e pelo Núcleo de Altos Estudos Amazônicos (NAEA); Especialista em Planejamento e Marketing Turístico pela Faculdade de Turismo e Hotelaria do SENAC de São Paulo; Graduado em Turismo pela Universidade Federal do Maranhão (UFMA); Presidente do SINDETUR – Sindicato das Empresas de Turismo do Maranhão e já exerceu várias atividades profissionais no setor de turismo.

O documento a ser entregue a Edivaldo Júnior conta com as seguintes assinatura:

Sindicato dos Condutores Autônomos de Veículos Rodoviários Taxistas Caminhoneiros de Transportes de Bens Autônomos de São Luís; SINDEGTUR/MA (Sindicato dos Guias de Turismo do Maranhão); ABAV/MA (Associação Brasileira de Agências de Viagens do Maranhão); AVEN/MA (Associação de Velas e Esportes Náuticos do Maranhão); Cooperativa de Trabalho para o Desenvolvimento Sustentável; ABLA/MA (Associação Brasileira das Locadoras de Automóveis no Maranhão); Skal Clube de São Luis; SINDEHOTÉIS (Sindicato dos Trabalhadores no Comércio Hoteleiro em Meios de Hospedagem e de Gastronomia em Empresas de Refeições Coletivas, em Empresas de Turismo, em Casas de Diversões de São Luis, São Jose de Ribamar, Raposa e Paço do Lumiar); FETHEMAPI (Federação Interestadual dos Empregados em Turismo e Hospitalidade dos Estados do Maranhão e Piauí); Curso de Graduação em Turismo da Universidade Federal do Maranhão; Curso de Graduação em Hotelaria da UFMA; ABIH/MA (Associação Brasileira Da Indústria de Hotéis do Maranhão); Vereadora Rose Salles. Hotel Pousada Colonial, Stop Way Hotel, Pousada Italiana. Associação de Artesãos de São Luis, Conselhos Tutelares da São Luis, SINADMA (Sindicato de Administradores do Maranhão). Instituto Coelho Neto. Giltur Turismo, Moises Matias (ambientalista), Clube da Melhor Idade Raio de Sol, Centro de Cultura Negra. ABBTUR/MA ( Associação de Bacharéis em Turismo do Maranhão), Rio Poty Hotel, Azul Linhas Aéreas.

Do Jornal Pessoal Eri Castro com conteúdo da assessoria e blogue Robert Lobato, do Jornal Pequeno.
Compartilhe.

sexta-feira, 30 de novembro de 2012

Classe cultural sugere Augusto Bastos para a pasta da cultura.


Parlamento Cultural e Coordenação de Projetos Especiais são suas principais propostas de gestão

Artistas, grupos folclóricos e ativistas culturais apoiam o nome de Augusto Bastos para a cultura.


Ontem, 29, no Grêmio Lítero da João Lisboa, artistas e representantes de  entidades culturais, blocos organizados, tambores, movimento negro, capoeira, enfim, de todos os segmentos culturais da ilha, manifestaram o desejo de mudança nos rumos da gestão da cultura municipal.

A ainda FUMC (Fundação Municipal de Cultura), que deverá ser transformada em Secretaria Municipal de Cultura na próxima administração de prefeito eleito Edivaldo Holanda Junior, vive uma intensa e ferrenha corrida ao seu posto máximo.

A classe cultural, temerosa com os nomes que surgiram no decorrer do processo, inclusive alguns que já passaram pela pasta e não deixaram saudades, lançou o nome do músico, maestro e produtor cultural Augusto Bastos, este tipo de movimento na cultura é inédito e pretende chamar a atenção de Holanda Jr. às reais necessidades da cultura de São Luís.

Augusto Bastos tem 48 anos e pertence a uma tradicional família de músicos com destaque a seu irmão Zé Américo Bastos, grande produtor de artistas de fama nacional e que recentemente ganhou o Grammy Latino pela produção do último cd de Dominguinhos. Augusto é graduado pela UFMA e pela UNIFOR de Fortaleza.

- Sempre tivemos no comando da cultura alguém imposto pelos mandatários e esta fórmula não dá certo. Caso eu seja lembrado como futuro secretário, irei implantar o Parlamentarismo Cultural, um fórum que irá se reunir todo mês onde discutiremos os problemas e os rumos da pasta. Tudo dentro  da mais absoluta transparência. Disse Augusto Bastos.

Zé Américo, Augusto Bastos e Beto Pereira.

Durante a solenidade, vários artistas manifestaram apoio a Augusto Bastos. As principais queixas da classe artística é a demora no pagamento de cachês, o “esquecimento” de algumas brincadeiras que simplesmente são alijados do processo de escolha para apresentações e o simples fato de não serem recebidos pelos presidentes da FUMC, é o chamado chá-de-cadeira.

Além do Parlamento Cultural, a secretaria contará com uma coordenação especializada em projetos especiais. Segundo Bastos, é inadmissível que o Maranhão pouco aprove projetos culturais pelo Brasil. Isso se dá pelo simples fato de não termos um acompanhamento mais eficaz por parte do poder público, que pode ajudar os artistas e brincadeiras a conseguirem ou pelo menos competirem de igual por igual com a Bahia e o Ceará, por exemplo. 

-Aqui no Maranhão o que acontece é que edital após edital, os nomes se repetem, ou seja, apenas os mesmos grupos que já detém algum know how aprovam projetos, enquanto a grande maioria fica a ver navios. Vamos fazer uma verdadeira revolução na cultura de São Luís. Ponderou Augusto Bastos.

Até o momento o manifesto de apoio a Augusto Bastos já conta com mais de mil assinaturas entre eles:

Zé Américo Bastos
Gdam e entidades do movimento negro
Tadeu de Obatalá
Professor Novaes (Poeta)
Paulo Washington (Jornalista)
Nauro Machado
Chagas - Cantador do Boi da Maioba
Ronald Pinheiro
Walkir Marinho (Jornalista)
Mano Borges
Celso Reis
Ana Cláudia
Cláudio Lima
Osvaldo Mandou Legal
Beto Pereira
Carlinhos Veloz
Erasmo Dibel
Simone Mouse
Zé Carlos Dafé
Fauzy Beydou
Tania Maria - Presidente do Viva J. Paulo
Valtinho do Boi do João Paulo
Augustinho (Presidente da Unido de S. J. de Ribamar)
Ivaldo (Presidente do Bloco Os Liberais)
Djalma Chaves
Tutuca
Raimundinho da Sanfona
Eliezio da Sanfona
Pipiu
Isabela - Bloco Juremê
Antonio Paiva
Rui Mário da Sanfona
Leila do Boi da Axixa
Moisés Nobre
Zé Costa
Armando Nobre
Adão
Firmino do Boi da Redenção
Samir do Cavaco
Tambor de Crioula de Ubaldo
Tambor de Crioula da Vila Ariri
Tambor de Crioula Brilho de São Benedito do Coroadinho
Tambor de Crioula Brilho de São Benedito da V. Embratel
Tambor de Crioula Alegria de São Benedito da V. Embratel
Tambor de Crioula Rojão de S. Benedito da V. Nova
Tambor de Crioula Brilho de São Benedito da V. Izabel
Tambor de Crioula Coração de São Benedito do S. Francisco
Tambor de Crioula Rosário de São Benedito do S. Raimundo
Tambor de Crioula Correio de São Benedito do Bairro de Fátima
Tambor de Crioula Pindarezinho do Bairro de Fátima
Tambor de Crioula Brilho de São Benedito da Vila Maranhão
Tambor de Crioula União de São Benedito do Maiobão
Tambor de Crioula de Manezinho da Cidade Operária
Nosli Junior
Chiquinho França
Fernando Rodrigues (Piloto - Máquina do Tempo)
Mayan
Mário Jorge
Orlando Brasil
Albert Abrantes
Boscotô e Máquina de Descascar Alho
Paulinho dos Feras
João Paulo (Baixista)
Jesiel Bives
Jeca
Boi da Lua
Boi de Orquestra Mimo de São João
Oliveira (Baterista)
Fausto Silva (Zabumba)
Ubaldo (Tambor de Crioula)
Ricardo Luz
Maria do Maracanã
Washington do Boi da Lua
UBOMAR (União dos Bumba Bois de Orquestra do Ma)
Ribão
Barrichello (Técnico de som)
Augusto Filho (Dedê)
Félix Comerciário - Boi Encanto do Olho Dágua
Júlia - Boi do Oriente
Edinho Bastos
Nonato do Boi da Alemanha
Constantino - Brilho de Boa Vontade (Zabumba)
Marcelino - Boi de Guimarães (Zabumba)
Raimundo Freitas - Boi Alto da Esperança (Zabumba)
Dona Hilda - Capricho de Oliveira (Zabumba)
Marcílio - Novo Capricho (Zabumba)
Clemilda - Capricha da Primavera (Zabumba)




  

sábado, 20 de outubro de 2012

PAÇO DO LUMIAR: Agora sim... PREFEITURA TRABALHANDO. A vez da Educação


Depois de ter sua ex-prefeita afastada por desvio de recursos e desmandos de toda ordem, a prefeitura de Paço do Lumiar, agora comandada pelo Prefeito Raimundo Filho (PHS), vem trabalhando para efetivamente melhorar a vida da população.

Desde que assumiu, fornecedores foram pagos, obras de saneamento e asfaltamento estão sendo feitas e os salários dos contratados estão sendo regularizados.

Agora chegou a vez da educação.

Abaixo segue Nota Oficial assinada pelo Secretário Altemar Lima, convocando os alunos e professores da rede pública municipal para o reinicio das aulas no dia 22/10, afim de que seja garantida o cumprimento integral do calendário letivo de 2012.

Segue a Nota

COMUNICADO




Com o compromisso de garantir o cumprimento integral do calendário letivo 2012, e evitar mais prejuízos aos estudantes, a Secretaria Municipal de Educação de Paço do Lumiar (SEMED) comunica aos alunos, pais, professores, servidores e demais membros da comunidade escolar luminense:




1º O retorno às aulas na rede pública municipal de Paço do Lumiar, inicialmente previsto para o dia 17/10 (quarta-feira), foi transferido para esta segunda-feira, dia 22 de outubro. A data foi alterada para que a SEMED pudesse estruturar minimamente o funcionamento da rede de ensino, que, como é do conhecimento de todos, vive uma grave crise.




2º O retorno dos profissionais para as escolas foi assegurado pela direção do núcleo municipal do Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública do Maranhão (Sinproesemma) à equipe da SEMED em reunião realizada no final da manhã desta sexta-feira (19), na sede da secretaria.




3º Conforme acordado com a categoria, todos os docentes e servidores da educação de Paço do Lumiar estão com seus salários em dia. O pagamento da folha dos concursados foi feito na última quarta-feira (17). Nesta sexta-feira (19), regularizamos o pagamento dos contratados (meses de agosto e setembro). Além dos salários, os profissionais contratados tiveram incorporados aos seus vencimentos valores referentes a vale-transporte. Somadas, as duas folhas totalizaram o valor de 1.819.170,56 (um milhão, oitocentos e dezenove mil, cento e setenta reais e cinquenta e seis centavos) e foram custeadas com recursos do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb).




4º Ainda com o objetivo de garantir o reinicio das aulas nesta segunda-feira, a SEMED regularizou o débito com a Cemar de todas as escolas que estavam com o fornecimento de energia suspenso, no valor total de R$ 43.096,31 (quarenta e três mil noventa e seis reais e trinta e um centavos); renovou e ampliou a frota do transporte escolar, que passa a circular nesta agora com 10 (dez) ônibus e 05 (cinco) vans.




6º Por determinação do prefeito Raimundo Filho, iniciaremos nesta terça-feira (23) às ações para recuperação das instalações físicas dos prédios escolares com problemas em suas estruturas físicas. O cronograma das obras será definido de acordo com a gravidade do problema da unidade de ensino, identificado em um levantamento da situação escolar, realizado pelos técnicos da SEMED.




7º Por fim, agradecemos a compreensão e o apoio de todos, principalmente da categoria e os seus representantes legais, os quais têm conduzido as negociações para o retorno dos professores às escolas de forma responsável e sensata. Temos a convicção de que as medidas adotadas pela SEMED neste momento são imprescindíveis para a construção de uma rede de educação forte, com a oferta de um ensino público de qualidade.




Altemar Lima de Sousa


Secretário Municipal de Educação

sexta-feira, 19 de outubro de 2012

Férias quebrando pedra...


Cine Lula: por onde passou levou alegria e a história de vida do maior de todos os presidentes.

Em primeiro lugar, peço desculpas ao meu pequeno e seleto clube de leitores, que apesar de pequeno possui altissima qualidade, por não ter dado nenhuma satisfação durante este último mês de campanha eleitoral.
Estava empenhado em coordenar em campo o Cine Lula.
Estivemos durante mais de 30 dias em 42 municípios pelo Maranhão. Ajudamos a garantir a vitória em muitos, aproximadamente 30. Foram carreatas memoráveis, exibições apoteóticas, algumas exibições foram ao sol do meio dia, como em Davinópolis e Buritirana. (Não me pergunte como, mas a galera dava um jeito....)
Com o passar dos dias, íamos percebendo quão importante e venerado o nosso eterno Presidente Lula ainda é.
Cartas nos foram entregues e todas foram remetidas ao Lula por intermédio de sua filha Lurian.
Por falar em Lurian, quantas mentiras falaram a seu respeito.
Chegaram a dizer em certas cidades de que ela não era a filha de Lula e que ela era brigada com o pai... Tudo desespero.
Pouco acessei a internet nesses últimos dias, mas me deparei com um post, feito por um blogueiro desinformado e reproduzido por outro blogueiro que anda provocando os outros em busca de "Ibope", dando conta de que a Lurian era Pé Frio e que por onde passou o candidato perdeu. No post o desinformado blogueiro mencionou cidades que Lurian sequer pisou. Só falo uma coisa: a Lurian foi sim decisiva em quase todos os municípios por onde passou.
Agora, de volta a minha querida São Luís, vou retomando a rotina ao lado da família e dos meus amigos. Sinceros amigos, os falsos agente vai aturando e vigiando, para irmos escapando das punhaladas traiçoeiras.
Prometo reformular dentro de mais alguns dias o nosso blog. 
Vamos à luta... 

terça-feira, 24 de julho de 2012

Paço do Lumiar 2012: professor Josemar inaugura comitê

Do Blog de Robert Lobato
Professor Josemar Convida para Inauguração de Comitê.
           

Acontece neste sábado (28), às 17h30, na avenida 08, nº 09, no Maiobão (próximo ao Cefran) a inauguração do comitê da coligação Um Novo Paço para Todos, liderada pelo professor Josemar (prefeito) e Marconi Lopes (vice-prefeito). A coligação é formada pelo PR, PTN, PPS, PMN, PSB, PP, PTB, PSL, PHS, PT e PTdoB. “Será o nosso pontapé oficial rumo à vitória e a reconstrução da nossa cidade”, disse Josemar.
O grupo ligado à prefeita mais enrolada do Brasil, Bia Venâncio Aroso (PSS), anda espalhando que o prefessor Josemar estaria fora da disputa pela Prefeitura de Paço do Lumiar porque não teria pedido sua desincompatibilização da Polícia Civil, o que já foi comprovado tratar-se de um mero factoide para desgastar o atual líder das pesquisas de intenção de voto para prefeito.
O blog apurou que ainda nesta terça-feira, o Ministério Público confinará a candidatura da chapa Josemar/Marconi, para o desespero do grupo que tomou o município de Paço Lumiar de assalto (em alguns casos de mãos armadas).

terça-feira, 17 de julho de 2012

PAÇO DO LUMIAR: GILBERTO AROSO E SEU VICE TEM CANDIDATURA IMPUGNADA

Com a divulgação da lista de impugnações pelo TRE, duas situações nos salta aos olhos. 
A primeira, nos remete à quantidade de candidatos impugnados em Paço do Lumiar, 55 no total. 
A segunda diz respeito à chapa puro sangue do PMDB. Tanto o candidato a Prefeito Giberto Aroso, quanto seu vice, Marcos Diego Caldas estão com suas candidaturas aguardando definição, ou seja, impugnadas.
Gilberto e Marcos, risco de cair a chapa...

Segundo um especialista amigo do blog, caso se confirme a impugnação da candidatura de toda a chapa, a saída será a substituição dos nomes. No entanto, ninguém acredida que ele tenha coragem de lançar outro nome que não o dele.
Bem que titia Roseana avisou, não foi Gilberto.

terça-feira, 10 de julho de 2012

FIM DA AGONIA: Acaba o sequestro do menino Pedro Paulo de Imperatriz.

Terminou agora a pouco por volta das 22 horas o sequestro de menino Pedro Paulo Lemes. O garoto teria sido libertado a 32 km da cidade de Araguaína no estado do Tocantins após a família ter pago a quantia de 500 mil reais. As primeiras informações dão conta de que o garoto está em boas condições de saúde. O pai está em Araguaina e até este momento não houve o reencontro.
Com o fim do sequestro, esperamos o inicio da caçada aos criminosos.

A libertação de Pedro Paulo põe fim a 14 dias de agonia da família, amigos e conterraneos, pois o caso ganhou inclusive repercussão nacional.

O blog espera que a polícia apure e aponte os culpados deste crime covarde. 

sábado, 7 de julho de 2012

AGORA É PRA VALER: MARCELO MUNIZ INAUGURA COMITÊ E LANÇA OFICIALMENTE SUA CANDIDATURA NO SÃO FRANCISCO

FLÁVIO DINO E MARCELO MUNIZ - o blog deseja toda a sorte ao amigo.


Acabo de receber o convite para participar da inauguração do comitê pró MARCELO MUNIZ, PCdoB que irá disputar uma das vagas a vereador na capital com o número emblemático 65000, o CEP geral de São Luís.

Infelizmente não poderei participar deste importante ato político.

Mas fica aqui o registro do blog, desejando toda a sorte do mundo ao amigo.

O comitê fica situado na Rua 05 do São Francisco, atrás da Clinica de Olhos.

quinta-feira, 5 de julho de 2012

MORRE EM SÃO LUÍS O JUIZ JOSÉ RIBAMAR HELUY

Morreu na manhã de hoje, por falência múltipla dos órgãos, o juiz aposentado José Ribamar Heluy, esposo da ex-deputada Helena Heley e pai do atual secretário estadual do trabalho José Antonio Heluy e da jornalista Jacqueline Heluy. 
Juiz Heluy em uma de suas últimas aparições públicas, durante a escolha dos delegados do PT de São Luís.

Ele estava internado a 20 dias na UTI do hospital UDI na capital maranhense.

O blog entrou em contato com o secretário Antonio Heluy que confirmou a morte e disse ainda que a missão de seu pai estava cumprida.

Heluy foi Juiz de Direito e chegou a ser candidato a prefeito de São Luís pelo PT na década de 90.

A família ainda não divulgou o local do velório e sepultamento.

O blog se solidariza com a família neste momento de profunda dor.

quarta-feira, 4 de julho de 2012

Geógrafo propõe nova divisão territorial do Brasil

Divisão territorial brasileira atual.




Norte, Nordeste, Centro-Oeste, Sudeste e Sul. Por que o Brasil é assim organizado? Estabelecida pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a divisão do Brasil em macrorregiões retrata as diferenças sociais e políticas do território e baliza o levantamento de dados e estatísticas do país. Essas unidades também acabaram se constituindo em importantes agregadores de identidades culturais e organizando a concessão de verbas de diversas políticas públicas. Por demarcar as desigualdades sociais no território, é importante que essa divisão esteja bastante afinada com a realidade do espaço nacional.


No Brasil redividido o Maranhão passa a integrar de vez a região NORTE que por sua vez é dividida ao meio criando a região NOROESTE.

Mas não está. Ou o Tocantins deve ser reincorporado à Região Centro-Oeste, ou que se reorganizem as fronteiras do Norte e Nordeste do país. Neste caso, a região Norte agregaria Tocantins, Maranhão, Pará e Amapá, enquanto os demais estados amazônicos constituiriam uma nova região chamada Noroeste (ver Mapas). Esta é a principal conclusão da pesquisa acadêmica de José Donizete Cazzolato, geógrafo do Centro de Estudos da Metrópole (CEM/Cebrap), condensada no estudo As regiões brasileiras pós-Tocantins: ensaio para um novo arranjo (clique no título ao lado para fazer o download - arquivo PDF - 2,9 Mb), e apresentada em seminário interno no CEM. "Não faz sentido o Tocantins ficar 'pendurado' na Região Norte", afirma o pesquisador.

A atual configuração das cinco macrorregiões considera diversos aspectos geográficos, sociais e políticos, e procura retratar os fluxos econômicos entre as unidades federativas. No entanto, a criação do Tocantins e sua inclusão na região Norte, em 1989, rompeu com a lógica do modelo, mostra a pesquisa.

A situação do Tocantins é destoante, pois menos de 20% das fronteiras do estado estão dentro de sua própria região. Além disso, por uma análise de fluxos e redes capaz de determinar o grau de coesão das unidades administrativas dentro da região, observa-se que o estado mantém fortes laços com o Pará e com o Maranhão, além de Goiás. Por outro lado, a região Norte, na prática, se divide em duas grandes porções, polarizadas por Manaus e Belém. E, no Nordeste, o Maranhão desponta com características naturais e culturais diferenciadas dos demais estados da região.

Para reequilibrar as unidades, Donizete propõe a revisão da atual divisão macrorregional. Para o geógrafo, a melhor solução seria a formação da região Noroeste e a reconfiguração das regiões Norte e Nordeste. Ajustada à realidade dos fluxos geográficos, econômicos, políticos e demográficos, a divisão regional é um instrumento privilegiado de planejamento e ação governamental.

PILANTRAGEM DA BRABA: Os oito vereadores de Paço do Lumiar acusados de improbidade são afastados pela juíza Jaqueline Caracas

Eis os vereadores defenestrados de seus cargos no Paço... Já não era sem tempo.

Do blog do Edgar Riberto e Roberto Lobato.

1- Alderico Jefferson Abreu da Silva;
2 – Francisco Pereira Filho;
3 – José Francisco Gomes Neto;
4 – Antonio Jorge Lobato Ferreira;
5 – Raimundo Pedro Silva;
6 – Sebastião Escolástico Almeida Filho;
7 – Wilson Pires Amaral;
8 – Thiago Rosa da Cunha Santos
Processo nº 920-51.2012.8.10.0049 Ação de Improbidade Administrativa Autor: Ministério Público Estadual Réus: Alderico Jefferson Abreu da Silva Campos, Antônio Jorge Lobato Ferreira, Francisco Pereira Filho, José Francisco Gomes Neto, Raimundo Pedro Silva, Sebastião Escolástico Almeida Filho, Thiago Rosa da Cunha Santos Aroso e Wilson Pires Amaral
D E C I S Ã O O Ministério Público Estadual ingressou com ação civil pública, por ato de improbidade administrativa, em face de Alderico Jefferson Abreu da Silva Campos, Antônio Jorge Lobato Ferreira, Francisco Pereira Filho, José Francisco Gomes Neto, Raimundo Pedro Silva, Sebastião Escolástico Almeida Filho, Thiago Rosa da Cunha Santos Aroso e Wilson Pires Amaral, imputando a ambos a prática de ato de improbidade previsto no art. 12, inc. III da Lei nº 8.429/92.
Informou que, conforme apurado em inquérito civil instaurado na 1ª Promotoria de Justiça de Paço do Lumiar, o vice-prefeito de Paço do Lumiar, Sr. Raimundo Nonato da Silva Filho, ingressou com mandado de segurança (processo nº 1379-87.2011), que tramitou na 1ª Vara, em razão de ter sido afastado do cargo pela Câmara de Vereadores sem o devido processo legal.